Ilha do Combu – O seu guia essencial para visitar o local!

Se está planejando conhecer o incrível estado do Pará, a Ilha do Combu é uma das melhores sugestões de locais para conhecer que poderíamos te dar. Bastante frequentada pelos moradores de Belém e região, esse é um destino que também pode ser visitado em apenas um dia.

Com um turismo totalmente voltado para as belezas amazônicas, você vai se encantar com a beleza local e, também, se surpreender com a indústria nativa!

Afinal, você sabia que a região é especialista na produção de chocolate artesanal? Essa Ilha no Pará tem tudo para conquistar o seu coração, como conquistou os nossos! ❤️

A riqueza da floresta, juntamente com as opções gastronômicas típicas, com certeza farão com que a sua viagem seja um mix cultural enriquecedor.

E a aventura começa desde o momento desde o início. Do transporte ao momento de retorno para o hotel. 

Quer saber como aproveitar a Ilha do Combu ao máximo? Vem com a gente e comece a programar o próximo roteiro de viagem!

O que é a Ilha do Combu?

A Ilha do Combu é a quarta maior ilha do estado do Pará e recebe muitos turistas justamente por sua proximidade com a capital do estado, Belém. Mas, se a facilidade do acesso é o primeiro ponto de destaque,  certamente a beleza do local faz a gente continuar por lá.

Apenas 15 minutos de barco, partindo de Belém, e você será arrebatado pela natureza amazônica, sentindo um verdadeiro gostinho da floresta.

Lá, todo o turismo é voltado para enaltecer as riquezas naturais do local, sendo a gastronomia um ponto de destaque. Porém, a proximidade com a cidade permite que tenhamos acesso à rica cultura do Pará.

Barcos são o principal meio de transporte na Ilha do Combu (Fotos @temaiseme)

Por que visitar a Ilha do Combu?

Se você tem interesse em turismo natural, é apaixonado por gastronomia típica, valoriza as origens desse nosso Brasil e adora um chocolatinho, tem aí 4 motivos para visitar a Ilha do Combu.

Conhecer as riquezas da Amazônia brasileira deveria ser um ponto de partida para todo turista, considerando a quantidade de cultura que encontramos por lá.

Vivenciar o dia-a-dia de uma população que respira a floresta e sabe, acima de tudo, valorizá-la, é estar em contato com a nossa essência e pode ser um verdadeiro e profundo aprendizado.

Não são poucos os turistas, e nós nos incluímos nisso, que se sentem totalmente revigorados após os passeios no Combum. A energia da Amazônia invade os nossos circuitos, é algo incrível.

Você pode ver que não é nenhum exagero de nossa parte assistindo o nosso vídeo da viagem. Aproveite e já se inscreve no nosso canal pra não perder nossas aventuras pelo mundo!

Como chegar na Ilha do Combu?

Apesar de ser uma ilha, não se preocupe com traslados difíceis para chegar até Combu.

Estando em Belém, você precisa, apenas, ir até o bairro de Condor. Lá, você encontrará diversos barqueiros prontos para fazer a travessia do rio e te conduzir até o local.

O trajeto é bem rápido, cerca de 15 minutos. Mas, não se preocupe em ficar entediado neste período. Serão os 15 minutos mais interessantes que já vivenciou em uma pequena viagem.

A arquitetura da cidade vai ficando para trás e vai dando espaço para a selva amazônica invadir os seus olhos, com o aroma característico da floresta.

Apenas esse transporte já pode ser considerado um passeio à parte e ele custa cerca de R$ 7.

Além dos barcos para chegar até a ilha, os restaurantes possuem seus barcos próprios para transportar os clientes. (Fotos @temaiseme)

O que fazer na Ilha do Combu?

A Ilha do Combu é famosa por sua gastronomia típica. Logo, os principais passeios do local envolvem conhecer os restaurantes.

Entretanto, há bem mais a se fazer do que comer nesses locais.

Os restaurantes, além de servirem iguarias deliciosas, também são conhecidos por oferecer entretenimento agregado.

Por exemplo, que tal jogar uma pelada com os amigos e depois desfrutar de um prato típico para refazer as energias?

Ou, quem sabe explorar as belezas da Amazônia em uma trilha guiada por moradores especialistas?

Para arrematar, vale a pena passar pelas chocolaterias artesanais, famosas na Ilha de Combu, com sua produção ativa de cacau.

Gastronomia da Ilha do Combu

Como dito, a gastronomia do Combu é uma verdadeira arte. Espere por diversas opções verdadeiramente brasileiras, variando desde pratos mais simples, até restaurantes totalmente sofisticados.

Inclusive, muitos chefs de cozinha famosos pelo Brasil já visitaram a Ilha do Combu, provando e aproveitando as iguarias que são servidas por lá.

E a região é ainda mais conhecida por servir e produzir pratos que valorizam a cultura local e tornam o Norte um imperdível destino para turistas e amantes da gastronomia.

Peixes da Região Amazônica

Quando estivemos na Ilha do Combu, foi impossível não experimentar aquele que é o carro chefe de toda a riqueza culinária da região Norte: os peixes da Amazônia.

Acredite: comer um peixe da região preparado pelas mãos dos moradores de Combu é uma experiência inesquecível.

Parte da riqueza da floresta está, justamente, na cultura da população, que sabe aproveitar e valorizar as suas características, elevando sabores e nos fazendo vivenciar, mesmo que rapidamente, o que é ser da Amazônia.

E não faltarão opções para você experimentar os melhores peixes amazônicos. Afinal, a Ilha de Combu é um verdadeiro recanto de bons restaurantes

Chocolates orgânicos

Outra parada obrigatória para quem visita a ilha, é a loja da Dona Nena, a “Filha do Combu”.

Como a região é uma grande produtora de cacau, a ilha se especializou na fabricação de chocolates artesanais e totalmente orgânicos, sendo a Dona Nena a principal expoente da produção.

Inclusive, chefs renomados como Alex Atala e Tiago Castanho já provaram as delícias feitas por ela.

Um passeio muito interessante na Ilha do Combu, é o dos cacaueiros, onde tivemos uma verdadeira aula sobre a produção nativa e aprendemos como são feitos os famosos chocolates orgânicos.

Casa do Chocolate: loja de chocolates artesanais da Dona Nena, também conhecida como Filha do Combu (Fotos: Viajando com Livia)

Principais restaurantes da Ilha do Combu

É impossível pensar na Ilha do Combu e não sentir a boca se enchendo de água, devido à enormidade de bons restaurantes que existem por lá e que servem pratos típicos deliciosos e cheios da tradição da região Norte.

E, como há muitas opções, pode ser difícil para um turista novato escolher sozinho.

Por isso, preparamos uma lista com as principais sugestões de locais para você visitar e se deliciar com a culinária local.

Saldosa Maloca

Sim, realmente é escrito com “L”. O Saldosa Maloca é um dos restaurantes mais tradicionais da Ilha do Combu.

Sua fama vem, além da comida famosa, da vista incrível que é proporcionada aos visitantes, que podem saborear um prato típico enquanto podem apreciar a beleza do rio.

E, se você quiser dar uma radicalizada no passeio, aproveite! O Saldosa Maloca oferece uma trilha no meio da floresta, inclusive com tirolesa.

Casa Kombu

Outra boa opção para comer na Ilha do Combu, é a Casa Kombu. Um restaurante que preza pelo conforto, com um toque charmoso de paz e tranquilidade.

Lá você terá acesso a cadeiras de praia e espreguiçadeiras, para curtir um happy hour com música ao vivo e desfrutar de ótimos momentos com os amigos.

Mas, uma dica que damos para você é que faça uma reserva com antecedência. Por ser um lugar que atrai tantos turistas, não é incomum que ele esteja sempre cheio.

Kakuri

Para quem busca comidas típicas com um bom preço, o restaurante Kakuri é a melhor opção.

Com uma tranquilidade que encanta os turistas, você poderá saborear um delicioso peixe amazônico, enquanto desfruta da bela vista longínqua da cidade de Belém.

E, é claro, dar aquela descansada na rede depois de comer bastante.

Casa Verde

O restaurante Casa Verde é uma ótima escolha para os casais apaixonados.

Lá você poderá almoçar em meio a um lindo jardim de flores, que além de oferecer paz e tranquilidade aos visitantes, torna a paisagem ainda mais colorida e divertida.

Além disso, o Casa Verde é famoso pelos pratos com peixes e pelo atendimento que é referência entre os visitantes. Tivemos nossa experiência nesse lugar e podemos confirmar que, realmente, somos muito bem recebidos.

Qual a melhor época para visitar a Ilha do Combu?

O melhor momento para visitar não apenas a Ilha do Combu, mas a região toda de ilhas ao redor de Belém, é no período compreendido entre julho e novembro.

Nessa época há menos incidência de chuvas e é conhecida como “Verão Amazônico”.

Além disso, no período chuvoso não é incomum que o nível dos rios suba e dificulte o traslado local.

Mas, prepare-se: a região Norte é bastante quente. Então, não se esqueça de colocar o chapéu e o protetor solar na mala!

Vale a pena visitar a Ilha do Combu?

Certamente, a Ilha do Combu é um dos paraísos brasileiros que todos deveriam conhecer.

Uma ilha cheia de cultura, rodeada das belezas amazônicas e com uma gastronomia que faz inveja aos restaurantes mais famosos de todo o mundo.

Se o seu interesse é visitar lugares inesquecíveis, esse é um destino que deve estar entre os seus roteiros de viagem.

Estar próximo da natureza e aprender um pouco mais sobre a região Norte são prêmios que recebemos por ter estado em um local tão incrível quanto Combu.

Quer continuar montando o seu roteiro de viagem? Então acesse nosso artigo sobre o Pará para conhecer mais detalhes sobre o estado!

VEJA TAMBÉM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

vinte + 1 =

SIGA NOSSO INSTAGRAM

PUBLICIDADE