Início > Turismo Sustentável > 10 dicas de como praticar o turismo sustentável

10 dicas de como praticar o turismo sustentável

O termo “turismo sustentável” se refere a uma forma de viajar que busca minimizar os impactos negativos no meio ambiente, na economia e na cultura local dos destinos turísticos, ao passo que beneficia as comunidades locais e preserva as belezas naturais existentes nesses lugares. 

Com o aumento do fluxo turístico em todo o mundo, tornou-se cada vez mais importante adotar práticas sustentáveis para garantir que essa atividade continue viável no longo prazo.

Indo nesse sentido, apresentamos ao longo desse artigo nada menos que 10 dicas para ajudar você a praticar o turismo sustentável nas suas próximas viagens. 

Nos tópicos a seguir você encontra desde dicas de como escolher o local correto para uma viagem sustentável, até práticas simples que podem impactar positivamente os lugares onde será a sua hospedagem. 

Tenha em mente que, adotando essas práticas, você pode fazer a diferença na proteção do meio ambiente, na promoção da economia local e no respeito às culturas e tradições dos locais que você visita. Continue lendo!

Artesanato indígena em Manaus (foto @temaiseme)

1 – Avalie melhor a sua ida a lugares onde os direitos humanos e o meio ambiente não são respeitados

Para começar a nossa lista de dicas de como praticar o turismo sustentável da forma mais nobre possível, temos um conselho para você:

Da próxima vez que for viajar, avalie se no seu local de destino os direitos humanos e o meio ambiente são devidamente respeitados. Para tanto, faça pesquisas através da internet e dos órgãos de mídia. 

Na sua análise, considere se a sua viagem pode, de alguma forma, apoiar governos opressivos ou empresas que prejudicam o meio ambiente. 

Tenha em mente que ao avaliar melhor a sua ida a lugares onde os direitos humanos e o meio ambiente não são respeitados, você estará se portando como um turista verdadeiramente responsável.

Indígenas demonstrando danças tradicionais em comunidade próxima a Manaus (foto @temaiseme)

2 – Cuide do meio ambiente durante a sua estadia

Durante a sua viagem, tome medidas de cuidado com o meio ambiente local e assim estará praticando um turismo sustentável. 

Algumas dicas que podem fazer sentido são:

  • Nos seus passeios, não pegue para si “lembrancinhas” como conchas, plantas ou até animais. Por poder prejudicar ecossistemas, essa prática pode virar até caso de polícia em alguns locais;
  • Evite a poluição do meio ambiente. Não jogue lixo pelas ruas, trilhas, praias, margens de lagos, rios ou locais de mata, tampouco despeje restos de comida, dejetos ou qualquer outro tipo de poluente nesses lugares;
  • Evite utilizar plástico descartável para hidratação ou alimentação durante passeios. Em vez disso, leve garrafas ou copos reutilizáveis e ecobags, por exemplo;
  • Não desperdice alimentos, seja em restaurantes ou ao ar livre.

Acredite, tomando essas precauções você já estará prestando um grande serviço ao meio ambiente!

>> Confira nosso artigo com os melhores produtos sustentáveis para suas viagens <<

3 – Dê prioridade a programas turísticos sustentáveis

A nossa terceira dica tem tudo a ver com a temática desse artigo: para fazer um turismo sustentável, siga roteiros sustentáveis.

Em outras palavras, durante a sua viagem procure por atrações relacionadas ao ecoturismo ou ao turismo rural, também chamado de agroturismo.

Esse tipo de atividade turística é sustentável por natureza, além de trazer experiências de imersão para quem as pratica.

No site da hellotickets existe uma grande variedade de opções de ingresso para atrações eco-friendly no Brasil e no mundo. Clique e saiba mais!

As Chapadas das Mesas e dos Veadeiros são ótimos destinos para praticar o turismo sustentável (fotos @temaiseme)

4 – Evite produzir muito lixo durante a sua estadia

Outra prática que é indispensável para todo aquele que valoriza e deseja realizar um turismo sustentável é o cuidado com a produção de lixo durante as viagens.

Portanto, se você quer aderir a esse esforço de conscientização, dê preferência a produtos reutilizáveis e evite o consumo desenfreado quando estiver hospedado em hotéis e em meio a passeios turísticos.

Lembre-se de que todo o lixo produzido por você irá impactar o meio ambiente local, o que não é o ideal em hipótese alguma.

5 – Exclua do seu roteiro atividades que exploram animais e/ou usam recursos naturais indevidamente

Ao montar o roteiro da sua próxima viagem, evite incluir atrações turísticas que promovem a exploração de animais, como passeios de elefante, shows de golfinhos, touradas e outras atividades que podem ser cruéis e prejudiciais

Além disso, não compre produtos feitos a partir de espécies em perigo de extinção e evite atividades que prejudiquem o meio ambiente, como a pesca excessiva ou a destruição de habitats naturais. Isso é fazer turismo sustentável na prática!

6 – Faça uso de meios de transporte sustentáveis

O transporte é uma questão central em todo e qualquer roteiro de viagens, dos mais simples e pequenos aos maiores e mais elaborados.

Entretanto, para se fazer um turismo verdadeiramente sustentável é necessário se atentar à forma de locomoção até o destino e também dentro dele.

Assim, recomendamos que, durante a estadia no seu destino, você evite meios de transporte que emitam muito gás carbônico ou que queimem muito combustível. Em vez deles, prefira caminhar a pé, de bicicleta ou a bordo de transportes menos poluentes.

A mesma dica vale para o trajeto até o destino, no qual devem ser evitados meios de transporte muito poluentes, como o avião, caso isso seja possível.

Na Ilha do Marajó usamos bicicleta como meio de transporte durante nossa viagem (foto @temaiseme)

7 – Prefira comprar de quem respeita a natureza

Durante suas férias, escolha comprar de comerciantes que respeitam a natureza e trabalham para minimizar o impacto ambiental. Procure produtos locais e sustentáveis, como alimentos orgânicos e artesanatos feitos a partir de materiais reciclados. 

Além disso, evite comprar produtos de empresas que utilizam práticas prejudiciais ao meio ambiente ou que explorem animais ao longo do seu processo de produção. 

Ao escolher apoiar comerciantes responsáveis, você estará ajudando a promover práticas sustentáveis e a proteger o meio ambiente local. Como forma de recompensa por esse comportamento, você pode ter a oportunidade de experimentar produtos únicos e autênticos que refletem a cultura e o patrimônio local.

8 – Se possível, preste trabalho voluntário

Se eventualmente o seu próximo roteiro de viagem tiver espaços sobrando entre os passeios marcados, reserve um tempo para procurar e praticar trabalho voluntário no destino escolhido.

Aqui no Brasil existem destinos onde os turistas podem literalmente pôr a mão na massa em oficinas de trabalho voluntário, caso queiram. Geralmente essa força de trabalho é direcionada à confecção de artesanato e ao esforço de preservação ambiental.

Tornando-se um voluntário temporário você estará contribuindo muito para o meio ambiente e a sociedade local!

>> Confira nosso artigo com dicas de como praticar volunturismo <<

Plantando árvores em projeto de recuperação de mata nativa no sul do Chile (foto @temaiseme)

9 – Utilize água e energia de forma consciente

A nossa penúltima dica de como praticar o turismo sustentável é a utilização consciente da água e da energia do local de destino.

Dessa forma, quando estiver no local de hospedagem tome medidas como evitar tomar banhos muito prolongados ou desnecessários e não deixar eletrodomésticos e lâmpadas acesas sem necessidade, por exemplo.

Ademais, evite também lavar roupas ou toalhas sem que haja uma real necessidade. Isso irá reforçar a economia de água!

10 – Valorize a economia e a cultura local do seu destino

Em conclusão, queremos estimular você a valorizar a cultura e a economia do seu destino, como forma de praticar um turismo sustentável. Para tanto, tome as seguintes medidas:

  • Antes mesmo de viajar, procure saber sobre os principais traços culturais do seu local de destino;
  • Não tire fotos de pessoas ou propriedades privadas sem permissão;
  • Respeite manifestações culturais, mesmo que estejam em desacordo com suas crenças pessoais;
  • Não discuta sobre costumes com moradores locais;
  • Aprenda o idioma falado no lugar, caso os nativos não falem português;
  • Faça compras no comércio local;
  • Faça suas refeições em restaurantes, lanchonetes e outros estabelecimentos típicos do seu destino;
  • Procure se hospedar em locais que sejam operados por pessoas nativas do local de destino.

Restaurante do grupo de mulheres de Caetanos de Cima no Ceará, um projeto comunitário (foto @temaiseme)

Praticando esses pequenos gestos você estará contribuindo, de uma forma ampla, para o fortalecimento do local turístico para onde irá viajar. Em contrapartida, você estará se conectando de forma mais intensa com as peculiaridades daquele local.

Viva o turismo sustentável!

VEJA TAMBÉM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

1 × dois =

SIGA NOSSO INSTAGRAM

PUBLICIDADE