Voluntariado em fazenda – Nossa rotina na fazenda

Estamos um pouco sumidos pois estamos fazendo voluntariado em uma fazenda sem acesso a internet. Ficaremos praticamente offline até 26 de janeiro.

Optamos por passar um tempo em uma ecovila pra ver de perto como é viver com menos recursos. Porém chegar na Huerta de Vida foi um choque um pouco maior do que eu esperava. Imaginava uma coisa meio riponga, mas não tinha muita ideia de como seria de fato.

Primeiras impressões

Fomos recebidos por uma mulher que aparentava seus 50 e poucos anos, deitada em sua rede esperando que o almoço ficasse pronto. Isso de quebra me deu a sensação de que por aqui a dona da casa ficava sentada mandando enquanto os voluntários executavam. Como éramos todos novos por aqui, após o almoço tivemos uma conversa de como as coisas funcionam e fizemos um ‘tour’ pela casa pra saber onde fica cada coisa. A casa principal está em processo de construção e é toda feita de barro e palha. Nesta casa fica o banheiro seco, um balde com uma estrutura de madeira em formato de privada que é usado para compostagem. Mais sustentável impossível.

Viver com escassez de água

Aqui na fazenda, além da casa grande, tem uma cabana que é onde fica a cozinha, nosso quarto, a sala e uma despensa. Temos energia elétrica, mas não temos água encanada. Esse é o maior problema por aqui. Para conseguir água usamos a séquia (pequeno rio formado pela água de desgelo da cordilheira) e a dividimos com os vizinhos. Essa água serve para praticamente tudo, lavar louça, regar a horta, tomar banho e dar aos animais. Todos os dias temos que lembrar que devemos encher os tanques de água antes que o dia termine para que tenhamos água no dia seguinte. A água demora cerca de 45 minutos para começar a entrar em nossos caminhos e para que isso aconteça é preciso colocar uma tábua no caminho no vizinho para desviá-la para cá.

Nossa rotina de voluntariado na fazenda

Nossas tarefas diárias básicas são divididas entre os trabalhos na horta (regar, plantar e abrir espaço para que novas plantas sejam colocadas), alimentar e dar água para os animais (patos, galinhas, cachorro, gatos e ovelhas), regar as plantas ao redor da cabana, cozinhar e manter a cabana limpa. Além dessas tarefas diárias, existem coisas feitas esporadicamente. Colhemos maçãs, ajudamos a tirar lã das ovelhas, vez ou outra as colocamos para pastar fora do curral, catamos minhocas, cortamos grama, entre outras coisas.

Ao chegarmos aqui e vermos como tudo é mais tranquilo pensei que o tempo passaria devagar, como costuma ser quando estamos no campo. Sabia que teríamos um intervalo de cerca de 4 horas todos os dias para siesta e pensamos que era um exagero ficar parado 4 horas por dia depois do almoço. Estamos aqui há uma semana e percebemos que a siesta é realmente importante para recarregar as baterias. Tem muito trabalho a ser feito e tudo é cansativo para quem não está acostumado ao trabalho no campo. Isso nos faz admirar Margot (a dona do projeto) que no alto dos seus 62 anos acorda conosco todos os dias para ir a horta e trabalha tanto (ou mais!) que todos nós.

As aparências que sempre enganam

Margot faz tudo com muita paixão. Nos ensina muito todos os dias e não tem nenhum receio em ser firme quando precisa. Mais uma vez eu pude perceber o quanto estamos acostumados a julgar as pessoas pela aparência. E principalmente o quanto quebramos a cara na maioria das vezes. Tanto para o bem quanto para o mal. Fico extremamente feliz em perceber que desde que saímos do Brasil, todas as vezes que, sem querer, julguei a aparência de alguém acabei quebrando a cara pro bem.

Tenho certeza de que será uma experiência muito enriquecedora. Por mais que viver num lugar assim não seja meu desejo de vida, é muito legal vivenciar tudo isso de perto.


Como encontrar vagas de voluntariado?

Existem diversas plataformas que te conectam com locais que aceitam voluntários. As regras são diversas, alguns oferecem comida + acomodação, outros você tem que pagar alguma quantia. Nós encontramos a vaga de voluntariado na fazenda Huerta de Vida e outros projetos onde é possível fazer voluntariado em fazendas no Helpx.

Existem outras opções como:

  • Workaway – com uma variedade enorme de funções
  • WOOFF – especializado em voluntariado em fazendas sustentáveis e ecovilas
  • WorldPackers – criado por um brasileiro, tem uma infinidade de vagas nas mais diversas áreas como em hostels, ONG’s, escolas, ecovilas, etc.

Com certeza algum desses sites vai ter o trampo ideal pra você. Lembrando que todos cobram uma taxa anual de registro para você ter acesso as vagas.


Confira neste vídeo um resumo de nosso voluntariado na fazenda


Perguntas Frequentes

Como fazer voluntariado em fazenda?

Como fazer voluntariado em ecovila?

VEJA TAMBÉM

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

vinte − 20 =

SIGA NOSSO INSTAGRAM

PUBLICIDADE